Gala de abertura da Cidade Europeia do Vinho 2024

Alto Piemonte e Gran Monferrato, em Itália, detêm este ano o título de Cidade Europeia do Vinho (CEV), atribuído pela RECEVIN – Rede Europeia de Cidades do Vinho. Para marcar o início do seu programa, a CEV 2024 recebe nos dias 1 e 2 de março representantes da RECEVIN e de outras entidades parceiras, num…

Alto Piemonte e Gran Monferrato, em Itália, detêm este ano o título de Cidade Europeia do Vinho (CEV), atribuído pela RECEVIN – Rede Europeia de Cidades do Vinho. Para marcar o início do seu programa, a CEV 2024 recebe nos dias 1 e 2 de março representantes da RECEVIN e de outras entidades parceiras, num evento que pretende apresentar as principais atividades que vão marcar este ano e dar a conhecer o rico património ligado ao vinho desta região italiana. 

O programa contempla no dia 1 a reunião do Conselho de Administração da RECEVIN e a reunião plenária com órgãos institucionais, autarcas e delegações, para apresentação aos participantes do programa de eventos “Alto Piemonte Gran Monferrato Cidade Europeia do Vinho 2024”. 

Além da visita a Acqui Terme, os participantes vão também ser recebidos na Câmara Municipal de Ovada, visitar a cidade e a Enoteca Regional, bem como Casale Monferrato, com visitas ao castelo, Museu DOC e Gipsoteca Bistolfi. 

A presidente da RECEVIN e da associação espanhola ACEVIN, Rosa Melchor, vai marcar presença neste encontro, assim como a secretária geral da RECEVIN, a portuguesa Anabela Caeiro. A delegação portuguesa é ainda composta por Luís Encarnação e José Arruda (AMPV), Álvaro Amaro (Município de Palmela), José Miranda (Município Vila Nova de Gaia) e ainda Nuno Domingos (Município de Santarém, Cidade Portuguesa do Vinho 2024). 
Durante este ano, o título de “Cidade Europeia do Vinho 2024” é defendido por um conjunto de 20 municípios italianos de Alto Piemonte e de Gran Monferrato Saranno, que se propõem a realizar um vasto e diversificado programa de atividades para promoção deste território rico em paisagem, tradições, cultura e produção de vinhos de qualidade. 

No dia 18 de março será a vez de Mostar, na Bósnia e Herzegovina, dar início ao seu programa enquanto “Cidade Europeia Dionisio 2024”. Este evento marcará o início de um ano rico em eventos e a expectativa é a de que este reconhecimento e este título estimulem ainda mais o desenvolvimento da região e abram as portas para novas colaborações e programas inovadores.
Os títulos “Cidade Europeia do Vinho” e “Cidade Europeia Dionisio” são atribuídos pela RECEVIN – Rede Europeia das Cidades do Vinho.

Publicado a

Junte-se à nossa lista de subscritores

Receba no seu email a newsletter da AMPV e fique a par de tudo o que precisa de saber sobre nós.