Cidades do Vinho

Cidade Portuguesa do Vinho

 

O projeto "Cidade do Vinho", promovido pela AMPV, tem como objetivo valorizar a riqueza, a diversidade e as características comuns dos territórios associados à cultura do vinho e de todas as suas influências na sociedade, na paisagem, na economia, na gastronomia e no património.

A iniciativa “Cidade do Vinho” pressupõe a elaboração de um programa anual de ações culturais, de formação e de sensibilização ligadas ao vinho, com visibilidade nacional.

O programa apresentado pela cidade candidata deve explorar as suas particularidades e dar provas de criatividade, tendo em conta critérios como o reforço da sensibilidade para a cultura e tradições do vinho, mobilização e envolvimento da comunidade e consolidação dos vínculos com a região e com todos os territórios vitivinícolas portugueses.

Cidades que já receberam este título:

2017 — Madalena do Pico
2016 – Lagoa
2014 – Barcelos
2013 – Vidigueira
2011 – Viana do Castelo
2010 – Beja
2009 – Palmela

Conheça Madalena do Pico – Cidade Portuguesa do Vinho 2017

Conheça Lagoa – Cidade Portuguesa do Vinho 2016

 

 

Veja também o Regulamento para Cidade do Vinho 2017

 


Cidade Europeia do Vinho

 

A AMPV é parceira da Recevin na promoção e divulgação do projeto “Cidade Europeia do Vinho” e dos respetivos programas de atividades que as cidades detentoras deste título propõem concretizar.

Trata-se de um concurso anual lançado pela primeira vez em 2012 e que tem como principais objetivos a defesa e divulgação, a nível europeu, da identidade dos territórios e da sua relação com a cultura do vinho, tratando-se por isso de uma oportunidade única para as cidades do vinho e seus produtores e agentes enoturísticos.

O concurso tem um caráter rotativo entre os diversos países que fazem parte da Recevin.

Cidades que já receberam este título

2017 — Cambados (Espanha)
2016 – Conegliano-Valdobbiadene (Itália)
2015 – Reguengos de Monsaraz (Portugal)
2014 – Jerez de la Frontera (Espanha)
2013 – Marsala (Itália)
2012 – Palmela (Portugal)

Cambados (Espanha) – Cidade Europeia do Vinho 2017

 

Conegliano-Valdobbiadene (Itália) – Cidade Europeia do Vinho 2016

↑ topo

Aldeias Vinhateiras

Imagem Aldeias Vinhateiras

Rede das Aldeias Vinhateiras de Portugal

A Rede das Aldeias Vinhateiras de Portugal é um projeto de desenvolvimento sustentável, de âmbito nacional, impulsionado pela AMPV, e que pretende contribuir para a afirmação e valorização das aldeias através da revitalização socioeconómica e do reforço da promoção enoturística das regiões, conduzindo a uma maior dinamização dos seus valores simbólicos: ruralidade, autenticidade, património, natureza, tradições, gastronomia, entre outros.

A criação de uma rede nacional de Aldeias Vinhateiras torna-se relevante para a promoção e afirmação da identidade cultural das regiões e para a reabilitação e valorização socioeconómica das aldeias que têm no vinho e em tudo o que se lhe associa o seu elemento diferenciador.

↑ topo

REDE DE MUSEUS

imagem Museu do VinhoRede de Museus Portugueses do Vinho

A Rede de Museus Portugueses do Vinho é um projeto dinamizado pela AMPV e que surgiu com o intuito de valorizar e promover os espaços museológicos ligados ao vinho e à sua cultura, através da criação de uma dinâmica própria de cooperação, com um plano de atividades próprio, intercâmbio de informações, de coleções ou apoio na organização de eventos.

Além dos espaços museológicos dos municípios associados da AMPV, esta rede informal foi também aberta a todas as entidades público-privadas de museus ou de instituições museológicas enquadradas na temática do vinho, o que contribui para alargar a dimensão da rede de cooperação, maximizando os esforços na criação de parcerias estratégicas e de âmbito nacional, tendo como objetivo capital a valorização e preservação de um património único e de riqueza imaterial.

Lista de museus e outros espaços museológicos

↑ topo

DIA DO ENOTURISMO

Imagem Dia do Enoturismo

Dia Europeu do Enoturismo

O Dia Europeu do Enoturismo foi instituído em 2009 pela Recevin e celebra-se anualmente no segundo domingo de novembro, com programas próprios promovidos nas cidades associadas.

O Dia Europeu do Enoturismo divulga a cultura, o património e as tradições das cidades parceiras da Recevin, os produtores de vinho e o enoturismo, valorizando desta forma os territórios produtores de vinho.

A AMPV é parceira da Recevin na promoção e dinamização desta iniciativa em Portugal, sendo que, em 2016, a AMPV propôs alargar o âmbito desta iniciativa e, em parceria com a Aenotur, passou a promover o Dia Internacional do Enoturismo

↑ topo

RAINHA DAS VINDIMAS de Portugal

Rainha das Vindimas 2016

Gala da eleição da Rainha das Vindimas de 2016, que teve lugar em Lagoa

 

A Rainha das Vindimas de Portugal é um evento promovido pela AMPV e que se realiza anualmente, desde 2009, numa estreita colaboração com o município detentor do título de “Cidade do Vinho”.

Este concurso tem como objetivo a preservação das tradições e da cultura rural mais genuínas do povo português e a sua promoção e divulgação junto das gerações mais novas.

As jovens candidatas ao título representam municípios associados da AMPV e são eleitas em concursos organizados pelos próprios municípios, antes da sua apresentação na gala nacional.

↑ topo

La Selezione del Sindaco

Concurso Enológico La Selezione del Sindaco

La Selezione del Sindaco“La Selezione del Sindaco” é um concurso enológico internacional organizado anualmente pela associação italiana de cidades do vinho Città del Vino, com o patrocínio da OIV (Organização Internacional da Vinha e do Vinho).

A AMPV, enquanto parceira da sua congénere italiana na organização deste evento, tem vindo a contribuir para a divulgação e promoção do concurso, que de ano para ano tem registado uma participação crescente por parte dos produtores de vinho nacionais.

“La Selezione del Sindaco” é o único concurso de vinhos internacional que prevê a participação conjunta do produtor e do município de proveniência das produções. Esta relação entre municípios e produtores é um dos principais fatores diferenciadores do concurso, que pretende não só distinguir a qualidade dos vinhos mas também valorizar os territórios onde os vinhos são produzidos.

www.cittadelvino.it

↑ topo

parceiros

2017 · Associação de municípios Portugueses do Vinho · Todos os direitos reservados.