Guia das Maravilhas da Nova Gastronomia com harmonização de vinhos

140 receitas harmonizadas com os melhores vinhos de cada região vitivinícola. Apresentação em Oeiras, no dia 14 de julho. Uma proposta para viajar pelos novos sabores de Portugal, harmonizados com os melhores vinhos nacionais.
 

Da carne ao peixe, e ao marisco, passando pelos petiscos e a terminar na doçaria, sem esquecer os pratos vegetarianos e veganos ou até a cozinha molecular. Aqui encontramos o melhor das novas criações gastronómicas: são 140 iguarias de 140 restaurantes, de norte a sul e ilhas, com 140 harmonizações de vinho. 

A AMPV é uma das entidades parceiras das 7 Maravilhas e participa neste projeto, tendo sido a responsável por encontrar os vinhos ideais para acompanhar estas maravilhas da nova cozinha.

Na segunda-feira, dia 12 de julho, o guia pode ser adquirido com o jornal Público.

No dia 14, irá ter lugar em Oeiras,  às 17h00 no Palácio do Marquês de Pombal, uma sessão de lançamento do Guia. O evento que inclui uma Prova dos 140 Vinhos selecionados para harmonizar com as iguarias a concurso às 7 Maravilhas da Nova Gastronomia. Segue-se a Conferência de imprensa, que conta com a presença de Isaltino Morais, presidente da Câmara Municipal de Oeiras, Pedro Ribeiro, presidente da AMPV, João Pinto de Sousa, Editor A Bela e o Monstro, e Luis Segadães, presidente das 7 Maravilhas. 


AMPV PARCEIRA DAS 7 MARAVILHAS 

A Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV) volta a ser parceira das 7 Maravilhas de Portugal, desta vez na edição 2021 e para escolher os vinhos que vão harmonizar com as 140 iguarias dos 18 concelhos do país e das duas regiões autónomas. 
Em 2021 as 7 Maravilhas têm como tema a Nova Gastronomia, inspirada na tradição e baseada nos produtos endógenos de cada região. "Razão pela qual é tempo da organização das 7 Maravilhas de Portugal voltar a harmonizar com a AMPV", revela Luis Segadães, presidente das 7 Maravilhas de Portugal, explicando que "quando em 2018 iniciámos a nossa parceria, descobrimos rapidamente que os pontos que movem ambas as organizações, situados no coração dos valores dos territórios, eram idênticos – não há praticamente experiências relacionadas com o usufruto das inesgotáveis maravilhas de Portugal, que não sejam melhor vividas se não for com um copo na mão. Por isso, quando voltamos a trazer o tema da gastronomia para o palco das 7 Maravilhas, sabemos que o círculo se fecha no momento em que introduzimos os vinhos".
Para José Arruda, secretário geral da AMPV, "é um grande privilégio voltarmos a ser parceiros deste grande projeto nacional das 7 Maravilhas e termos esta excelente oportunidade de promover e divulgar os nossos vinhos associados à nossa gastronomia, aos nossos melhores produtos e a este 'saber fazer' da cozinha portuguesa". Acrescenta José Arruda que "será um grande desafio e responsabilidade eleger os 140 vinhos para as 140 iguarias que vão estar presentes neste concurso, contudo, a diversidade de vinhos que temos no nossos território é tão grande e são vinhos com tanta qualidade que acredito que iremos encontrar as melhores maravilhas da área dos vinhos, e que estarão à altura dos pratos confeccionados neste concurso pelos melhores chefs e cozinheiros do nosso país". 
A AMPV e o seu painel de 28 especialistas escolheram em Pinhel, no dia 10 de junho, os vinhos que acompanham as iguarias da Nova Gastronomia.
Estiveram à prova 420 vinhos de todas as regiões do país e o corpo de júri selecionou 140 vinhos, um vinho para cada ementa das 7 categorias a concurso: Petiscos, Iguarias vegetarianas, Iguarias veganas, Peixe e Marisco, Carne, Cozinha Molecular e Doçaria. 
As 140 iguarias harmonizadas com os vinhos dão agora corpo a este guia, publicado em articulação com o jornal Público.

Publicado em: 08, Julho 2021
Ver todas as notícias

parceiros

2021 · Associação de municípios Portugueses do Vinho · Todos os direitos reservados.