Cidade Europeia do Vinho 2019: Sannio Falanghina

Cinco municípios italianos da região de Sannio, onde é produzido o conceituado vinho Falanghina, ganham a distinção de Cidade Europeia do Vinho 2019.

 

No dia 10 de outubro, decorreu no Parlamento Europeu em Bruxelas uma reunião do Conselho de Administração da RECEVIN - Rede Europeia de Cidades do Vinho, cujo momento alto foi a proclamação dos municípios italianos (Guardia Sanframondi, Castelvenere, Sant'Agata dei Goti, Torrecuso e Solopaca), da Região de Sannio (origem do Vinho Falanghina) com a distinção de CIDADE EUROPEIA DO VINHO 2019.

A reunião contou com a presença do eurodeputado português Carlos Zorrinho e de vários eurodeputados italianos. Presentes igualmente os presidentes Floriano Zambon e Pedro Ribeiro (Città del Vino e AMPV) e os secretários gerais Paolo Bienvenuti e José Arruda.

Foi destacado o importante papel da produção vinícola e da promoção dos territórios vinhateiros no desenvolvimento local, principalmente de pequenos territórios de baixa densidade. Relevante foi igualmente o apelo para que o papel do Parlamento Europeu e dos eurodeputados portugueses deva ser ainda mais assertivo na defesa dos nossos produtores, que têm de ser mais protegidos e apoiados, uma vez que as atividades agrícolas, como é exemplo a viticultura, processa-se a céu aberto e está muito exposta às alterações climáticas e que, por exemplo, este ano esteve sujeita a grandes quebras na produção.

 

Publicado em: 11, Outubro 2018
Ver todas as notícias

parceiros

2018 · Associação de municípios Portugueses do Vinho · Todos os direitos reservados.